quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

NOVA VIDA

Passando pelo Éden
Semeei um grande amor,
Estavas no Egito,
Com fome e com dor.

Dei-te uma herança,
Canaã para você
Veio contigo o pecado,
A mania de querer.

Quis o prazer de amar
Uma mistura de amor,
Onde Sodoma e Gomorra
Foram palcos desse sabor.

Não pude concordar,
Com o pecado desse povo,
Querer o mundo devasso
Fiz em Noé o meu renovo.

Recomecei outra era
Para amar o que restou,
Fiz milagres e profetas
Em favor da criação,
Institui juízes para o povo
Para purificar essa nação.

Não pude te abandonar,
Nunca te deixarei
Meu amor está em ti,
Meu Espírito vive aqui

Fui como Jesus Cristo,
Em nome do Criador
Deixar o Santo Espírito
Para a fé do pecador.

Em Oséias 13.4 - Escrito pelo mesmo, cuja interpretação é seguinte:
“Todavia, eu sou o SENHOR teu Deus desde a terra do Egito; portanto não reconhecerás outro deus além de mim, porque não há Salvador senão eu”.


Em Efésios 1.18 - Escrito por Paulo, que diz:

“Tendo iluminados os olhos do vosso entendimento, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos”.

Um comentário:

  1. É para mim uma honra acessar ao seu blog e poder ver e ler o que está a escrever é um blog
    simpático e aqui aprendemos, feito com carinhos e muito interesse em divulgar as suas ideias,
    é um blog que nos convida a ficar mais um pouco e que dá gosto vir aqui mais vezes.
    Posso afirmar que gostei do que vi e li,decerto não deixarei de visitá-lo mais vezes.
    Sou António Batalha.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se ainda não segue pode fazê-lo agora, mas só se gostar,
    eu vou retribuir seguindo também o seu.
    Que a Paz de Jesus esteja no seu coração e no seu lar.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir